Quando a musculação começa aos 60

Estudos comprovam que os idosos que se exercitam sentem menos dores e tem sua resistência aumentada. Isso vem confirmar que exercícios devem ser praticados, se possível, diariamente, independente da idade.

Várias pesquisas são feitas e todos os resultados chegam à mesma conclusão. No processo de envelhecimento ocorre uma diminuição da massa muscular, da densidade óssea, da força e da flexibilidade. O metabolismo fica mais lento e diminui, fazendo aumentar o ganho de gordura.

Como esses efeitos podem ser minimizados?

Um dos grandes benefícios da musculação é justamente no controle da gordura. Além disso, funciona prevenindo a osteoporose.

A prática de musculação ou da atividade localizada com sobrecarga vem crescendo entre as pessoas acima de 60 anos, inclusive sendo recomendada por profissionais da área da saúde, pois hoje, segundo a Fundação Nacional de Osteoporose (National Ostoporosis Foundation), a osteoporose já é considerada a doença do novo milênio.

Pesquisas indicam que a atividade física, principalmente a musculação, é a melhor forma de se prevenir e, em alguns casos, até de reverter o quadro desta doença.

A grande eficiência em estimular a massa muscular e óssea apresentada pelos exercícios localizados com carga, chamados genericamente de exercícios resistidos e geralmente realizados com pesos, chamou a atenção de pesquisadores para a possibilidade de sua utilização na promoção da saúde, particularmente no caso de idosos, em que a osteopenia (perda de mineral ósseo geralmente resultante do processo de envelhecimento que afeta tanto homens como mulheres) e a sarcopenia (redução de massa muscular associada com a idade) estão presentes.

Não há dúvidas de que o trabalho de musculação evidenciou benefícios positivos na densidade óssea, fazendo com que o risco de osteoporose se reduza consideravelmente, além de ser muito eficaz na melhoria ou até na eliminação de doenças cardiovasculares.

Outra constatação que aumenta a lista de benefícios da musculação é de que a mobilidade articular, geralmente limitada no idoso, também melhora rapidamente.

A musculação também auxilia no fator psicológico do praticante em função do entrosamento social, que ajuda a reduzir a depressão.

Na musculação o risco de acidentes e lesões é muito pequeno desde que se tenha um controle da carga e um professor especializado para fazer o acompanhamento.

A atividade física bem orientada aos idosos tem um destaque importantíssimo quanto à execução de tarefas básicas do cotidiano, pois faz com que ocorra um fortalecimento geral da musculatura, articulações e tendões, proporcionando assim um aumento dos níveis de disposição, diminuindo o risco de quedas durante suas tarefas diárias e preservando a independência.

Portanto, a musculação é um dos melhores exercícios físicos a ser estimulado aos idosos, pois traz benefícios imediatos se comparados com outras atividades físicas, fortalecendo não só as estruturas músculo-articulares, mas também seu aspecto mental e psicológico.

Agora não tem mais desculpa! São inúmeros os benefícios proporcionados pelos exercícios de musculação. Mesmo aquele que nunca realizou atividades físicas pode iniciar um programa e ainda alcançar bons resultados. Mas lembre-se, o ideal antes de iniciar qualquer atividade física é procurar um médico especialista para fazer uma avaliação física. Tudo certo?! Então, mãos à obra!

Anúncios

Sobre Cia de Ginástica

Professora de Educação Física, proprietária da academia Cia de Ginástica Alice Schlee, instrutora de Pilates pós-graduada pela Universidade Gama Filho.
Esse post foi publicado em Geral. Bookmark o link permanente.

2 respostas para Quando a musculação começa aos 60

  1. Paulinho disse:

    Depois de anos de total sedentarismo, hoje estou fazendo caminhadas de duas a tres vezes na semana, ainda cansa um pouco mas ja esta bem melhor que no inicio, acredito que o tenis seja o grande vilao… bom, numa dessas caminhadas, recebi um folheto de uma academia com o primeiro mes gratis, assim como a avaliacao e acompanhamento, desde que em determinado horario. Fui la e tudo estava bem, me foi passado uma serie bem leve, praticamente sem pesos, mas nao sei se a rotina, ou mesmo minha ansiedade, uns 40 minutos de exercicios e comecei a passar mal, fiquei muito branco, suando frio, fui para o banheiro coloquei a cabeca entre as pernas fazendo pressao na nuca ao mesmo tempo que forcava para levantar a cabeca… melhorei relativamente, o suficiente para me arrumar e ir em bora, assim que chegei na rua, vomitei… bom eu fiquei muito envergonhado e mesmo com a atencao dos profissionais da academia, eu sumi…. agora o medo de passar por isso outra vez, ja me deixa num estado de tensao… acabei por comprar uma dessas academias residenciais, esses aparelhos que tem um monte de exercicios, bom, comecei ha cerca de 2 meses, 3 x na semana, intercalando com as caminhadas e variando os membros, dia dos bracos, dia das pernas… e nunca parado no intervalo de cada exercicio. Faco os mesmos exercicio que aprendi na academia, como desejo mais queimar gordura que ganhar massa, eu faco mais repeticoes com menos peso, estou gostando apesar que sinto falta de uma orientacao, ate para avancar nos exercicios, resultados. mas tenho receio… outra coisa que estou vendo eh a alimentacao, ja reduzi muito a quantidade e alterei meus horarios, antes, eu comia muito a noite, agora, como muito menos e dou preferencia para sopa, sucos, saladas… algo mais leve e na parte da manha, que eu praticamente so tomava um cafe, estou comendo mais, mas, procurando nao exagerar na quantidade, geralmente, tomo o cafe em duas a tres etapas. tambem aumentei a quantidade de liguidos e praticamente eliminei o refrigerante,
    Essas mudaca, por conta proprio, o que nao indico a ninguem, consulte seu medico, etc e tal… enfim, com essas mudancas, que estao bem resumidas, eu passei de 109kg para 94kg, na balanca aqui de casa.isso em + – 4 meses, mas agora estabilizou, nao saio de 94kg as vezes cai para 93, vai ate 95 mas nao consigo perder mais, creio que dentro do que estou fazendo, esse eh o meu limite, agora eu teria de estudar toda a minha rotina para ver o que posso mudar, alterar para tirar o corpo dessa zona de conforte, eh que depois de um tempo repetindo os mesmos exercicios, o corpo acostuma dai alguns profs de EF orientarem passadas alternadas, corridas alternadas, para nao ficar sempre no mesmo ritmo e o musculo acostumar,

    • Cia de Ginástica disse:

      Olá Paulinho,
      aparentemente, pelo que relatou no início, você sofreu uma hipoglicemia, muito provavelmente relacionada à alimentação pré treino (ou falta dela). Dê uma lida neste artigo: http://www.coladaweb.com/educacao-fisica/hipoglicemia-tonturas-no-inicio-do-exercicio
      Realmente pode ter um reflexo traumático, mas pelo visto você conseguiu adaptar seu treino e reorganizar sua alimentação. Parabéns.
      Caso queira, faça-nos uma visita sem compromisso. Será possível orientá-lo para que possa aprimorar seu treinamento e obter maiores benefícios.
      Ficamos à sua disposição.
      Cia de Ginástica & Pilates Alice Schlee

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s